Oficina do Pdot discute mulheres e igualdade de gênero - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Oficina do Pdot discute mulheres e igualdade de gênero

Mulheres vivem uma luta diária para conquistar espaços sociais e físicos. Nesse contexto, a ocupação da cidade também reflete o progresso de...

Mulheres vivem uma luta diária para conquistar espaços sociais e físicos. Nesse contexto, a ocupação da cidade também reflete o progresso delas. Na 13ª oficina participativa da revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (Pdot), lei que guiará o desenvolvimento urbano do DF nos próximos 10 anos, a população será ouvida a respeito do planejamento da cidade com relação às mulheres e à igualdade de gênero.

“É um esforço da Seduh de trazer todas as demandas, das mais diferentes áreas, para o momento da revisão do Pdot”
Mário Pacheco, coordenador de Planejamento e Sustentabilidade Urbana

A oficina ocorrerá na próxima terça-feira (18), às 19h, na sede da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), localizada no Edifício Number One, no Setor Comercial Norte (SCN), Quadra 1, 18º andar.

O coordenador de Planejamento e Sustentabilidade Urbana da Seduh, Mário Pacheco, explica que o objetivo das oficinas é colocar no cenário de discussão do Plano Diretor os temas mais recorrentes pautados pela população, assim como outros que também devem ser considerados, por serem muito caros à sociedade civil. “É um esforço da Seduh de trazer todas as demandas, das mais diferentes áreas, para o momento da revisão do Pdot”, ressalta.

Para a coordenadora do grupo de acolhimento Mulheres Poderosas DF, Nathália Vieira, a participação no debate proposto pela oficina é de extrema importância. Na sua avaliação, as principais demandas do público feminino envolvem transporte, segurança e saúde. “Há uma necessidade de mais centros de saúde da mulher, além de locais de busca de informação para as mulheres”, comenta Vieira, que é assistente social.

Arte: Divulgação/Seduh-DF

Quem concorda sobre a relevância do evento é a profissional do grafite e produtora cultural Gabriela Maria da Silva, que já realizou mutirões de grafite feminino no DF com objetivo de dar autonomia e poder criativo às participantes. “As mulheres também são parte da sociedade”, enfatiza Silva, que destaca a necessidade de ter locais mais bem iluminados para melhorar a sensação de segurança nas cidades.

Para discutir esses e vários outros temas, a sua participação no evento é fundamental. Se não for possível estar presente, a reunião também será transmitida no canal da secretaria no YouTube, chamado Conexão Seduh.

Quem pode participar?

Podem participar das oficinas todos os moradores do Distrito Federal, de diferentes faixas etárias, gêneros e níveis socioeconômicos, interessados em discutir o planejamento urbano e o futuro da cidade. Para isso, basta comparecer nas datas e locais marcados.

Haverá o registro de falas e percepções, debates, mapas para os participantes identificarem suas localidades e demandas, exposição dos principais temas discutidos e a construção de um relatório final da reunião, que será divulgado posteriormente.

Ao todo, serão 53 oficinas organizadas pela Seduh ao longo deste ano. Enquanto 18 desses eventos públicos serão voltados a segmentos da sociedade, outros 35 serão sobre cada uma das regiões administrativas (RAs) do Distrito Federal. Confira o calendário completo.

Mais informações podem ser acessadas no site www.pdot.seduh.df.gov.br.

Serviço
Mulheres e igualdade de gênero
→ Data: 18 (terça-feira)
→ Horário: às 19h
→ Local: Edifício Number One, Setor Comercial Norte (SCN) Quadra 1, 18º andar
→ Acesso virtual: pelo YouTube no canal Conexão Seduh

Próximas oficinas de julho
→ Dia 22, às 9h, para a Região Administrativa de Santa Maria
→ Dia 25, às 19h, para a Região Administrativa de Sobradinho
→ Dia 27, às 19h, para o segmento Região Metropolitana
→ Dia 29, às 9h, para a Região Administrativa do Sol Nascente/Pôr do Sol.

Com informações da Seduh

Nenhum comentário