A BANDA AUSTRALIANA FUTURE STATIC LANÇA NOVO SINGLE “ROACH QUEEN” - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

A BANDA AUSTRALIANA FUTURE STATIC LANÇA NOVO SINGLE “ROACH QUEEN”

  baixe imagens aqui   Uma das bandas pesadas mais comentadas da Austrália, o quinteto de Melbourne  Future Static  está empolgado em revela...

 

 

Uma das bandas pesadas mais comentadas da Austrália, o quinteto de Melbourne Future Static está empolgado em revelar o altamente antecipado álbum de estreia completo, Liminality, que será lançado em 24 de novembro de 2023, via Wild Thing Records. Ao lado de Liminality, a banda revelou o emocionalmente carregado e impactante hino "Roach Queen", e seu cativante videoclipe, que fará parte do próximo álbum.

 

Para coincidir, a primeira turnê internacional do grupo para a Europa e o Reino Unido começa neste fim de semana, incluindo datas com The Omnific (AU), além de participações nos lendários festivais alemães Reeperbahn e Euroblast. Após conquistar o circuito de shows australianos e a recente reimaginação do metal super carregado de "Gasolina", o lançamento de Liminality marca o próximo passo na carreira muito promissora da banda.

 

Uma fusão inata de metalcore, metal progressivo, rock alternativo e sensibilidades pop, Liminality é exemplificado por seus singles profundos; a visceral "Roach Queen", a efervescente "Plated Gold" - com vocais convidados de Sean Harmanis do Make Them Suffer, e os aclamados singles anteriores "Waves" e "Venenosa"Liminality também destaca o impressionante duo vocal da banda, com a baixista Kira Neil mostrando seu talento vocal e química mágica ao lado da eletrizante vocalista nascida em Melbourne, criada em Barcelona, Amariah Cook; destacado no labirinto progressivo The Hourglass e na sensação de alt-pop-core Chemical Lobotomy

 

Liminality representa residir em um estado de limbo e vazio, um título adequado para um álbum escrito durante os extremos bloqueios de Melbourne; retratando o estado emocional da banda na época. A banda não era estranha aos efeitos do limbo, seja no processo de escrita em isolamento induzido pela pandemia, ou na maratona de dois anos de turnês domésticas sob demanda que se seguiu, incluindo grandes festivais e atos de apoio como os super astros do metal progressivo Jinjer (Reino Unido) e o ex-aluno do Eurovision Voyager (AU), antes de lançar um álbum completo. O álbum evoluiu para ser o trabalho mais colaborativo da banda até o momento, com as vozes musicais únicas de todos os membros presentes em uma declaração artística coesa, mas diversificada. Usando as camadas incessantes de guitarras solo envolventes, riffs esmagadores e vocais limpos dinâmicos, seguidos por melodias vocais únicas e empilhadas pelas quais o Future Static é conhecido, o álbum flui por uma combinação de diferentes inspirações de gênero e temas. 

 

A vocalista Amariah proclama: "Estamos muito orgulhosos de finalmente lançar nosso primeiro álbum completo, que trabalhamos incansavelmente e provocamos multidões nos últimos dois anos. Tudo neste álbum veio do coração e da alma da banda. A melhor maneira de descrevê-lo? É a representação física da amizade, do trabalho em equipe e do nosso amor incondicional pela música". O álbum foi produzido, mixado e masterizado por Christopher Vernon (Windwaker, The Beautiful Monument). A arte foi comandada pelo guitarrista Jack Smith, com Liminality retratando o espaço entre materializar e deteriorar em serenidade absoluta.

 

O novo single "Roach Queen" entrelaça riffs agitados, e um refrão antológico e cheio de inspiração. No centro de tudo isto está o desempenho versátil de Amariah, que se estende por palavras faladas sinistras, rugidos guturais, gritos e vozes cantadas. O impacto das contribuições de Amariah aqui é elevado ainda mais considerando o facto de que a faixa deriva do seu significado e letra de um episódio reprimido na juventude da vocalista. ""Roach Queen" fala de uma experiência traumática que tive quando criança no primeiro apartamento em que eu e a minha família vivemos quando nos mudámos para Barcelona", recorda Amariah. "O lugar estava infestado de baratas e, durante muito tempo, tive pesadelos em que elas entravam na minha boca enquanto eu dormia, possivelmente causando uma doença mais grave que se materializou na época." 

 

O videoclipe de "Roach Queen", filmado e realizado pelo mestre Colin Jeffs (Make Them Suffer, Alpha Wolf), está fortemente ligado à história que Amariah retrata liricamente. No entanto, Amariah quis acrescentar que essa experiência (e qualquer uma das experiências mais sombrias que possa ter vivido no seu passado) é o que a tornou tão poderosa e independente agora, daí ter escolhido uma "Rainha" como sua personagem. "O nome "Roach Queen" pareceu-me adequado", explica Amariah. "Surgiu instantaneamente, juntamente com a letra, uma vez que a canção tem conotações de uma independência e força desenvolvidas que resultaram desta experiência." Amariah continua: "Colin acertou em cheio na execução, utilizando a estética do terror e a figura autoritária da 'Rainha' como representação da superação de demónios e traumas pessoais."

 

Roach Queen está disponível agora.

Pré-Save/Pré-Venda do seu álbum de estreia Liminality AQUI.

 

 

Faixas:

01. Chemical Lobotomy

02. Venenosa

03. Roach Queen

04. Icarus

05. …And The Walls Were Built

06. Waves

07. Iliad [Featuring Luke Taylor of Heartline]

08. Will I?

09. The Hourglass

10. Halfway Across The World

11. Plated Gold [Featuring Sean Harmanis of Make Them Suffer]

12. The Embers

 

 

Sobre Future Static:

O quinteto de Melbourne Future Static cria um som emocionante e alternativo, melódico e progressivo para formar uma marca única de música pesada que é diferente de qualquer outra. Os singles de estreia da nova vocalista Amariah Cook, "Waves" (2021) e "Venenosa" (2022), além da capa de metalcore alimentada por adrenalina de "Gasolina" (2023), atraíram aclamação significativa da crítica; obtendo apoio fervoroso de veículos como SiriusXM (EUA), New Noise Magazine (EUA), Triple J (AU), ABC Rage (AU), Kerrang! (UK), Metal Hammer (UK), 89FM - A Rádio Rock (BR), Wikimetal (BR), Spotify e Apple Music. As apresentações em festivais incluem Knight & Day, Unify Forever, Unify Off The Record, Alpha Wolf's CVLTFEST, tocando no Bigsound com grandes elogios da indústria, além de serem escolhidos a dedo como convidados especiais do Jinjer, Voyager, Destroy Rebuild Until God Shows, RedHook, Caligula's Horse e Windwaker, só para citar alguns. Os Future Static estão preparados para causar uma impressão duradoura no palco global, trazendo a sua fusão visceral de subgéneros pesados. 

 

 

Marketing e Promoção no Brasil:

ForMusic – info@formusic.com.br

 

Informações à imprensa:

Catto Comunicação

Simone Catto – simone.catto@gmail.com


Fonte Portal de Notícias Ritmo Cultural

Nenhum comentário