Publicados nomes dos contemplados na licitação de cinco feiras permanentes - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Publicados nomes dos contemplados na licitação de cinco feiras permanentes

Foram publicados no  Diário Oficial do Distrito Federal (DODF)  desta terça-feira (5) os  nomes dos habilitados nas concorrências públicas  ...

Foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (5) os nomes dos habilitados nas concorrências públicas realizadas para ocupação de bancas das feiras permanentes do Paranoá, do Setor O, da Guariroba, de São Sebastião e da Estrutural. Os nomes também estão disponíveis para consulta no site da Secretaria de Governo do DF (Segov-DF).

Os contemplados têm até esta quarta-feira (6) para pagar os lances ofertados. Após a confirmação do pagamento, ocorrerá a homologação dos processos licitatórios, seguida da assinatura da Permissão de Uso Qualificada, documento que permite aos feirantes habilitados a exploração comercial das bancas.

A Feira Permanente da Guariroba foi uma das contempladas na licitação | Fotos: Divulgação/Segov-DF

As licitações são realizadas com unidades que foram retomadas pelo GDF a partir de levantamento feito junto a todas as feiras permanentes para verificar o funcionamento e a situação de regularidade dos atuais ocupantes. Outras quatro licitações para ocupação de boxes estão em andamento na Secretaria Executiva das Cidades – na Feira Permanente do P Norte, na Feira da Cultura, Arte e Beleza do SIA (Fecab), na Feira Permanente do Gama e no shopping popular do Gama.

A subsecretária de Mobiliário Urbano e Apoio às Cidades, Ana Lúcia Melo, afirma que as licitações visam revigorar o movimento das feiras e abrir oportunidades para quem deseja empreender no segmento.

“Entre as atividades comerciais permitidas nos boxes, os feirantes poderão vender produtos hortifrutigranjeiros, temperos, plantas ornamentais e flores, artesanato, confecções, calçados e bolsas, armarinhos, artigos religiosos, doces, alimentação, ferramentas e utensílios domésticos, e produtos da lavoura, agropecuários e de indústria rural. Há muitas oportunidades que podem ser exploradas. Com as bancas ocupadas, o Governo do Distrito Federal também trabalha para resgatar o movimento das feiras”, completa Ana Lúcia.

Com informações da Segov

Nenhum comentário