DF terá mais 11 tendas para pacientes com dengue, três delas 24 horas - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

DF terá mais 11 tendas para pacientes com dengue, três delas 24 horas

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde (SES-DF), informa que as novas 11 tendas de acolhimento a pacientes com...

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde (SES-DF), informa que as novas 11 tendas de acolhimento a pacientes com sintomas de dengue começarão a funcionar na próxima semana, somando 20 tendas na capital federal. Com atendimento diário, das 7h às 19h, as instalações possuem polos de hidratação e cuidados, proporcionando suporte contínuo aos usuários. Desse total, três vão operar 24 horas.

“Somados às tendas já existentes, os novos pontos vão evitar que a população se desloque a um hospital para conseguir atendimento. Isso se reflete em uma resposta mais rápida aos sintomas”

Lucilene Florêncio, secretária de Saúde

O nome da entidade responsável foi divulgado em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF) de sexta-feira (15). Com a escolha, mais quatro regiões de saúde serão contempladas: Central, Centro-Sul, Leste e Sul.

“A medida busca, principalmente, garantir maior acesso ao atendimento durante a epidemia de dengue, desafogando outras unidades da rede. Aos primeiros sintomas, as pessoas devem procurar uma UBS ou a tenda mais próxima”, afirma a coordenadora de Atenção Primária à Saúde, Sandra Araújo de França.

Aos primeiros sintomas de dengue, a população deve procurar uma unidade básica de saúde ou uma tenda de acolhimento | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

Cada tenda deverá ser composta diariamente, no mínimo, por um coordenador, três médicos (entre esses, um pediatra), um enfermeiro. dois técnicos de enfermagem, dois técnicos de laboratório, um especialista em laboratório (biomédico ou farmacêutico bioquímico), dois apoios administrativos, um farmacêutico, pessoal de limpeza e pessoal de segurança.

Assistência ampliada

Desde o início do ano, a pasta já conta com nove tendas de hidratação, espalhadas por várias regiões do DF: Sol Nascente, Brazlândia, Ceilândia, Estrutural, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião e Sobradinho. Como suporte à assistência nas UBSs, entre 20 de janeiro e o dia 14 deste mês, os espaços atenderam mais de 63 mil pacientes, uma média de 1,2 mil por dia.

No mesmo período, as tendas que tiveram o maior movimento foram as de Samambaia (11,3 mil atendimentos), Ceilândia (10 mil) e Recanto das Emas (7,7 mil). Apesar disso, todas as outras regiões apresentaram números altos de demanda: Santa Maria (7,2 mil), São Sebastião (6,7 mil), Sol Nascente (5,8 mil), Brazlândia (5,5 mil), Estrutural (4,7 mil) e Sobradinho (3,7 mil).

“Somados às tendas já existentes, os novos pontos vão evitar que a população se desloque a um hospital para conseguir atendimento. Isso se reflete em uma resposta mais rápida aos sintomas”, explica a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio. “Reforço ainda que todas as UBSs [unidades básicas de saúde] continuam a atender casos de dengue, com aumento das salas de hidratação”.  A rede ampliou o horário de atendimento de diversas unidades básicas, inclusive aos sábados e domingos. Mais informações estão no site da pasta.

Confira onde serão instaladas as novas tendas de acolhimento a pacientes com sintomas de dengue.

Com funcionamento 24h

→ Gama: estacionamento do Hospital Regional do Gama (HRG)

→ Guará: em frente à UBS 1

→ Paranoá: estacionamento do Hospital da Região Leste

Com funcionamento diário, das 7h às 19h

→ Plano Piloto: estacionamento do Hospital Regional da Asa Norte (Hran)

→ Vicente Pires: estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)

→ Varjão: atrás da UBS 1

→ Taguatinga: estacionamento do ambulatório do Hospital Regional de Taguatinga (HRT)

→ Planaltina: policlínica da região

→ Águas Claras: estacionamento da UBS 1 do Areal

→ Ceilândia – Estacionamento do HRC

→ Samambaia: Estacionamento da UBS 7

* Ceilândia e Samambaia, que já contam com uma tenda de atendimento, também serão beneficiadas com mais um espaço de acolhimento.

 

*Com informações da SES-DF

Nenhum comentário