POND ANUNCIA SEU NOVO ÁLBUM STUNG! QUE SERÁ LANÇADO 21 DE JUNHO VIA SPINNING TOP RECORDS - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

POND ANUNCIA SEU NOVO ÁLBUM STUNG! QUE SERÁ LANÇADO 21 DE JUNHO VIA SPINNING TOP RECORDS

Foto: Michael Tartaglia | Baixe  aqui   A prolífica e amada banda de rock psicodélico Pond anunciou  Stung!  que será lançado em 21 de junho...

Foto: Michael Tartaglia | Baixe aqui

 

A prolífica e amada banda de rock psicodélico Pond anunciou Stung! que será lançado em 21 de junho pela Spinning Top Records. Stung! marca o décimo álbum da banda australiana. Com o anúncio do álbum vem o novo single “(I’m) Stung”, ouça e assista ao vídeo abaixo.

 

Assista ao vídeo de “I’M (STUNG”) aqui

Ouça “I’M (STUNG”) aqui

 

“Escrevi a maior parte disso enquanto cortava a grama de alguém. Fui para casa e coloquei meus dedos no piano e praticamente toquei a base de primeira. Este é um presente muito raro e especial e me animou por semanas. É engraçado porque eu tinha uma queda louca por alguém, e essa pessoa me largou como um merda e essa música simplesmente surgiu e me acertou bem na testa e eu me senti totalmente melhor. Então Gin e Gum adicionaram toda a sua magia – sons legais, acordes passageiros.

 

É sobre ser picado de forma totalmente patética por alguém e apenas ter que ficar tranquilo com o fato de não ser correspondido. Ser resiliente, aceitar que você é meio bobo, mas a vida continua.”

 

No mês passado, Pond lançou “Neon River” do próximo álbum. UPROXX a considerou uma das melhores novas músicas indie do momento e disse: “Como as melhores músicas do Pond, está repleta de tons de guitarra distorcidos, bateria bombástica e truques sonoros atraentes.” Ouça aqui.

 

Os últimos quatro álbuns do Pond foram vitrines de organização e brevidade, 10 ideias sempre guardadas em 40 minutos ou mais. Mas em Stung!, eles alegremente, loucamente e voluntariamente se inclinam para a fartura de um disco duplo, explorando o espírito de Tusk e Sign ‘O’ the Times ao canalizar 14 músicas em um momento mais livre e esplêndido de sua carreira musical. Banda há quase duas décadas, Pond aceitou (com grande alegria ou alívio) que não está mais sujeito a mudanças nas expectativas do que é cool. Essa ideia os fortaleceu, permitindo-lhes tocar exatamente o que querem, para não avançarem em direção a nenhum objetivo, mas a serem eles mesmos.

 

É preciso mais esforço para Pond fazer um disco hoje em dia – não musicalmente, é claro, mas logisticamente. São todos adultos com relacionamentos, filhos, profissões, hobbies, projetos paralelos ou alguma mistura de todos eles. (Allbrook e Jay Watson, ou GUM, lançaram álbuns solo no ano passado.) Eles começaram a fazer Stung! então, aos poucos, um ou dois membros aparecendo no pequeno estúdio no quintal de Watson para trabalhar em uma nova ideia. Eles tocavam alegremente e interminavelmente na pequena oficina de Watson, testando uma panóplia de máquinas e dispositivos para obter os sons mais interessantes. Além do mais, eles foram capazes de deixar as músicas que tinham paradas ao longo do tempo, para que o processo profundamente democrático de Pond pudesse não apenas extrair e melhorar as melhores, mas também descobrir o que poderia estar faltando neste disco duplo completo.

 

Por fim, perceberam que corriam o risco de ficarem presos nesta fase – criação, ajuste, edição – para sempre. Todo o quinteto mudou-se para Dunsborough, o pitoresco centro de surf na costa sudoeste da Austrália, onde um amigo havia recentemente concluído um estúdio espaçoso e de última geração. Allbrook corria perto da costa todas as manhãs. Todos nadavam durante o dia e depois gravavam até tarde da noite. Eles deixaram a maior parte de seus equipamentos auxiliares em casa, forçando-os a se aprofundar nas músicas, ideias e sons que já tinham, para melhorá-los sem se deixar levar por possibilidades infinitas. Afinal, depois de quase um ano escrevendo e trabalhando em workshops, eles tinham material de sobra, os ingredientes para um set mais expansivo do que qualquer álbum anterior do Pond.

 

O título Stung! começou como uma piada em Pond, uma referência a ter uma queda por alguém ou algo que eles começaram a usar com tanta frequência que simplesmente tiveram que fazer disso o nome. Eles ainda riem quando ouvem isso agora, uma piada interna boba que de repente se abre para o mundo exterior. Mas também é uma espécie de credo: apesar dos hematomas, da insensibilidade e do sofrimento, eles continuam atormentados pela música, com a ideia de fazer músicas que pareçam certas e fazê-lo juntos, como amigos. E eles também ficam magoados com o mundo, mesmo quando ele revida. “Well, I’m stung/the bells been rung”, canta Allbrook durante a faixa-título vencedora. “If love’s a game, then I guess you won.” Dez álbuns depois, Pond parece estar se divertindo mais agora do que nunca.

 

Após uma série de datas na Austrália abrindo ao Queens of the Stone Age, Pond está retornando aos EUA para uma série de shows. Surpreendentemente, muitas das datas coincidem com as que foram agendadas anteriormente,  incluindo shows em Los Angeles, Austin, Denver e mais.

 

Reserve sua cópia de Stung! em vinil “Bee” 180g 2xLP aqui.

STUNG! - LISTA DE FAIXAS:

1.  Constant Picnic

2.  (I'm) Stung

3.  Neon River

4.  So Lo

5.  Black Lung

6.  Sunrise For The Lonely

7.  Elf Bar Blues

8.  Edge of the World Pt. 3

9.  Stars In Silken Sheets

10. Boys Don't Crash

11.  O, UV Ray

12.  Last Elvis

13.  Elephant Gun

14.  Fell From Grace With The Sea

 

 POND online:

WEBSITE * FACEBOOK * TWITTER * INSTAGRAM * SPOTIFY * APPLE * YOUTUBE

Marketing e Promoção no Brasil:

ForMusic – info@formusic.com.br

 

Informações à imprensa:

Catto Comunicação

Simone Catto – simone.catto@gmail.com


Fonte Portal de Notícias Ritmo Cultural

Nenhum comentário