Grupo executivo facilitará escolha de locais de papa-lixos - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Grupo executivo facilitará escolha de locais de papa-lixos

O Governo do Distrito Federal (GDF) criou grupo executivo para elaborar projeto sobre as localizações dos papa-lixos do Serviço de Limpeza U...

O Governo do Distrito Federal (GDF) criou grupo executivo para elaborar projeto sobre as localizações dos papa-lixos do Serviço de Limpeza Urbana (SLU). A criação do grupo, que será coordenado pelo SLU, foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), por meio do Decreto nº 44.968/2023.

“A partir da criação desse grupo executivo, poderemos ter mais celeridade na instalação dos equipamentos, deixando o ambiente mais limpo e bonito”
Silvio Vieira, diretor-presidente do SLU

Também fazem parte do colegiado as secretarias do Meio Ambiente e Proteção Animal (Sema) de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) e de Governo (Segov), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), Companhia de Energética de Brasília (CEB), Companhia de Água e Esgoto de Brasília (Caesb), Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), Companhia Imobiliária do Distrito Federal (Terracap) e 31 administrações regionais.

O Distrito Federal conta atualmente com 548 papa-lixos operantes. “São centenas de papa-lixos espalhados em todo o DF, inclusive nas áreas rurais, que são de difícil acesso dos caminhões e ainda com residências distantes umas das outras. A partir da criação desse grupo executivo, poderemos ter mais celeridade na instalação dos equipamentos, deixando o ambiente mais limpo e bonito”, explica o diretor-presidente do SLU, Sílvio Vieira.

O Distrito Federal conta atualmente com 548 papa-lixos operantes | Foto: Divulgação/SLU

O principal objetivo do grupo é facilitar a demarcação e aprovação de locais que receberão futuras instalações dos papa-lixos. Os equipamentos são contêineres semienterrados preparados para receber resíduos da coleta convencional, ou seja, o que não vai para a coleta seletiva. O colegiado será convocado periodicamente pelo SLU por etapa de instalação dos papa-lixos. As administrações regionais contempladas em cada fase de instalação também serão chamadas para análise e manifestação.

“A ideia é que todos os órgãos trabalhem em conjunto. Cada órgão analisará, dentro da sua competência, o local e a instalação dos papa-lixos. Do ponto de vista operacional, isso vai integrar e facilitar muito a colocação dos equipamentos em locais adequados”, explica a chefe da Unidade de Medição e Monitoramento do SLU, Andréa Almeida.

O grupo executivo terá 120 dias, prorrogáveis por igual período, para apresentar relatório fundamentado das atividades que serão desenvolvidas.

Com informações do Serviço de Limpeza Urbana

Nenhum comentário