Evento cultural detalha riquezas da Ride e Entorno do DF - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Evento cultural detalha riquezas da Ride e Entorno do DF

  A primeira turma do curso de Produção Cultural da Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes (UnDF) apresentou à c...

 A primeira turma do curso de Produção Cultural da Universidade do Distrito Federal Professor Jorge Amaury Maia Nunes (UnDF) apresentou à comunidade acadêmica e aos convidados, na noite desta quinta-feira (7), às 19h, o projeto “Ride em Rede — Memórias da Ride-DF”. O sarau artístico busca resgatar e celebrar as ricas tradições culturais da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride), bem como a sua identidade cultural, e assim destacar a importância da conexão com as próprias raízes.

O projeto contou com exposições fotográficas, apresentações musicais, feira de artesanato, comidas típicas e apresentações de dança promovidas por artistas que representam as diferentes manifestações culturais da região | Foto: Divulgação/UnDF

No âmbito da Unidade Curricular “Projeto Integrador 1”, o projeto coordenado pela professora Emanuelle Santos movimentou o Campus Norte da UnDF e contou com exposições fotográficas, artesanato, apresentações musicais, feira de artesanato, comidas típicas e apresentações de dança promovidas por artistas que representam as diferentes manifestações culturais da região. “Essa é a primeira turma de produção cultural da UnDF. A grande importância desse evento é a de resgatar, preservar e manter presente essa identidade e memória da Ride muitas vezes esquecida, silenciada”, explica Emanuelle.

A Ride é uma área que envolve o Distrito Federal e municípios vizinhos localizados nos estados de Goiás e Minas Gerais. Foi criada para promover o desenvolvimento integrado entre o DF e as cidades do seu entorno, buscando soluções para infraestrutura, transporte, meio ambiente, entre outras

“Essa é uma das nossas possibilidades, a de ocupar a Universidade justamente com essa proposta, com esses artistas, para que a gente possa viver esse rito de comunhão”, concluiu a professora Emanuelle. Toda a produção do evento foi dividida em Grupos de Trabalho (GTs) responsáveis por cada frente necessária para a execução e êxito da proposta. A iniciativa contou com a participação de grupos de difusão comunicacional, também grupos de infraestrutura, credenciamento, cenografia, alimentação, captação de apoiadores, sonorização e camarim.

“Nós estamos produzindo o nosso primeiro projeto. A nossa primeira produção de eventos, que é o ‘Ride em Rede’. E tem sido uma experiência fantástica poder colocar tudo em prática, aquilo que a gente estudou durante o semestre, e descobrir tantas riquezas que tem na Ride”, conta entusiasmada Ana Luiza Mendes, estudante do curso de Produção Cultural. O evento promove a preservação do patrimônio cultural da Ride, propõe a promoção da identidade regional e estimula a economia circular e criativa.

“É uma alegria muito grande estar participando de um evento maravilhoso como esse. Sempre ajuda quem trabalha com o artesanato, quem é autônomo. Isso é muito bom para nós que estamos aqui expondo”, relata Aparecida Fogaça Kamayurá, expositora de produtos da etnia Kamayurá, no Xingu.

Fonte Agência Brasília

Nenhum comentário