Paladar Internacional busca difundir a culinária latina e caribenha no DF - PORTAL DE NOTÍCIAS RITMO CULTURAL

Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Paladar Internacional busca difundir a culinária latina e caribenha no DF

Os sabores latinos e caribenhos vão invadir a capital federal durante o projeto Paladar Internacional, lançado nesta sexta-feira (8), na uni...

Os sabores latinos e caribenhos vão invadir a capital federal durante o projeto Paladar Internacional, lançado nesta sexta-feira (8), na unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-DF), na 903 Sul. A iniciativa promoverá atividades gastronômicas para difundir a culinária latina e caribenha no Distrito Federal com a participação de 16 embaixadas.

A ação é promovida pelo Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Relações Internacionais (Serinter-DF), em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-DF). Participarão os seguintes países: Argentina, Barbados, Bolívia, Chile, Cuba, El Salvador, Haiti, México, Nicarágua, Paraguai, Panamá, Peru, República Dominicana, Suriname, Trinidad e Tobago e Uruguai.

O projeto Paladar Internacional promoverá atividades gastronômicas para difundir a culinária latina e caribenha no Distrito Federal com a participação de 16 embaixadas | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

“Essa parceria do GDF com a Fecomércio é muito boa em todos os aspectos, porque leva para a população à culinária desses países e ainda treina os alunos do Senac-DF. Eles poderão sair com emprego em qualquer bar e restaurante, porque é uma gastronomia extremamente apreciada”, comentou o secretário de Relações Internacionais, Paco Britto. Essa é a primeira edição, mas a expectativa é expandir para outros países futuramente.

Para o presidente da Fecomércio-DF, José Aparecido da Costa Freire, a iniciativa une a representação diplomática de dezenas de países em Brasília com a capacitação profissional, tendo como resultado a geração de mão de obra qualificada para o mercado de trabalho. “Nossa missão é qualificar as pessoas, e a gastronomia é uma área muito importante em Brasília. Acreditamos que essas formações poderão gerar mais empregos e mais oportunidades para o Distrito Federal”, definiu.

As atividades do projeto Paladar Internacional ocorrerão em três etapas a partir de 2024. A primeira será em março, entre os dias 7 e 10, na área central do shopping Pátio Brasil. Serão quatro dias de aulas-show com chefs eleitos pelas embaixadas para apresentarem pratos típicos

O embaixador de Cuba, Adolfo Curbelo, destacou que essa é uma forma de mais pessoas conhecerem a cultura dos países caribenhos e latino-americanos e perceberem as similaridades. “Quero parabenizar a iniciativa pela contribuição que faz para melhorar o entendimento entre todos os países, o que é muito importante. Essa é uma maneira de realmente mais pessoas conhecerem a cultura dos nossos povos e de mostrar como elas são próximas”, revelou.

Essa proximidade entre Cuba e Brasil pode ser vista na aula-show da chef Idalmis, da Embaixada de Cuba, durante o lançamento. Com auxílio dos professores e alunos do Senac-DF, a cozinheira preparou arroz congris, receita que utiliza arroz e feijão preto, e uma sobremesa de mamão papaya. Também foi apresentada a receita de mojito, bebida com rum, e foi feita uma versão da caipirinha com a iguaria.

Os sabores latinos e caribenhos vão invadir a capital federal durante o projeto Paladar Internacional lançado nesta sexta-feira (8) na unidade do Senac-DF | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Etapas do projeto

As atividades do projeto Paladar Internacional ocorrerão em três etapas a partir de 2024. A primeira será em março, entre os dias 7 e 10, na área central do shopping Pátio Brasil. Serão quatro dias de aulas-show com chefs eleitos pelas embaixadas para apresentarem pratos típicos. O evento é aberto ao público mediante inscrição e aos alunos do Senac-DF.

Ao final das atividades, os participantes também poderão se inscrever nos novos cursos que serão oferecidos pelo sistema: Cozinha Caribenha e Cozinha Latino-Americana. As aulas terão início em 18 de março.

A última etapa do projeto consiste num concurso de gastronomia tendo os chefs das embaixadas como jurados. Eles avaliarão o desempenho dos alunos dos novos cursos, que reproduzirão receitas dos países participantes do Paladar Internacional.

“Estamos oferecendo para os nossos alunos e para a sociedade em geral a oportunidade de ter acesso à culinária caribenha e latino-americana em um projeto em três etapas”, conta o diretor regional do Senac do Distrito Federal, Vitor Corrêa.

Fonte Agência Brasília

Nenhum comentário